Como se pode afirmar que se governa em favor da cidade se não existe um canal sério e sólido de fácil acesso a comunidade para que as ideias sejam acolhidas e debatidas? Assuntos relevantes em nossa cidade devem ser considerados através de consultas públicas coletivas e individuais. Proponho uma nova forma de se relacionar com o cidadão. Um canal pensado na ergonomia e na acessibilidade onde as boas ideias possam fluir. Problemas na saúde? Problemas na educação? Problemas em relação a execução de obras? Eu proponho uma política mais participativa com Conselhos Comunitários ativos. Meu compromisso é o diálogo. Vamos conversar?

#PorUmaItajaiMaisJusta