SUA VIDA

Edson Lapa, desde a tenra idade, teve como modelo de atenção e acolhimento ao ser humano o seu Pai, Sr. Manoel Francisco da Silva, o “Maneca do INPS” portador de necessidade especial, foi seu inspirador exemplo de preocupação com o próximo no exercício de suas funções profissionais e Odete Alves Lapa da Silva, a Dona Odete, educada em colégio de freiras, foi estimuladora de uma educação formal e íntegra. Ele, e seus outros quatro irmãos: Luiz, Maria Aparecida, Renato e Anderson compreenderam a importância da aliança familiar.

Casou-se com Alessandra Denegredo Lapa da Silva, e deste matrimônio nasceram Matheus e Davi, um casamento pautado em compromisso, fidelidade e honra que já dura mais de vinte anos com amor, dedicação e zelo. Investiu sua vida na fundamentação familiar equilibrada e saudável, valores aprendidos em seu lar e transmitido aos seus.

Após sua conversão, encontra um meio de ser útil a sociedade através da igreja como plataforma de ação para transformação social entendendo a missão integral da igreja em suas diferentes frentes de trabalho na evangelização.

Causas que o moveram até aqui

Em sua juventude, já na Universidade, cursando história, envolve-se com a Política estudantil, lutando por causas nobres pelos direitos dos alunos nas mobilizações que pleiteavam melhores condições de ensino.

Seu know-how na área de Recursos Humanos, no que tange gestão de pessoas no ambiente organizacional foi extremamente útil, pois decidiu abandonar sua carreira profissional para dedicar-se a vocação pastoral onde teria mais tempo disponível as causas da cidade.

Sua história com o MEVAM – Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus, data nos anos 90, precisamente em 1997 quando inicia a militância contra a problemática das drogas na cidade de Itajaí.

Em 1998, com Luiz Hermínio, empreende a abertura da Comunidade Terapêutica SOS Vida Jovem na Cidade de Luiz Alves, município circunvizinho de sua cidade, dada a necessidade de um local fora do perímetro urbano de Itajaí onde se triavam os internos.

Sua experiência na gestão de Comunidades Terapêuticas o transforma em um modelo de gestão e assim relaciona-se estreitamente com inúmeras casas de recuperação já existentes sendo fonte de consultoria.

Tornou-se um defensor de causas nobres como a das famílias destruídas e vitimadas pelo terror da drogadição. Assim surge o Vida e Apoio, ação social com a função de grupo de mútua ajuda.

Atuou em conexão aos órgãos competentes como o COMAD – Conselho Municipal Anti Drogas cooperando com ações práticas neste meio na sugestão de propostas e desenvolvimento de projetos.

Foi presidente do COPEVI – Conselho de Pastores Evangélicos de Itajaí por seis anos, sendo reeleito em virtude do excelente trabalho que desenvolveu junto as Comunidades Cristãs Evangélicas da cidade.

Juntos, percebem a necessidade de um ministério igreja que atendesse as famílias dos internos da casa. Em 2000, ao lado de Luiz Hermínio, inicia as Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus – MEVAM, que desenvolve o encargo de transformar a cidade com projetos sociais de impacto nas comunidades carentes.

Hoje

Hoje é Vice-presidente do Ministério Mevam, administrador e Diretor da Comunidade Terapêutica SOS Vida Jovem e estimulador de diversas frentes de ação social, desenvolvimento comunitário e missão sustentável. Apoiador de Projetos sociais Itajaienses como: Instituto Humanitário e Educativo SOS Vida, Vida e Apoio, Comunidade Terapêutica SOS Vida Jovem, Brigada do Reino, Toque Vidas, Restaurante Comunitário Zilda Barbosa, Projeto Pérolas, Bazar Social, Brasil sem órfãos, Geração Futuro e outras ações Missionárias internacionais.

Visão do Ministério em relação a Candidatura

Estado e Igreja nunca fizeram uma dupla perfeita, isto porque uniram-se para buscar benefícios próprios e criar meios de anestesiar a mentalidade do povo com pão, circo e opium emocional. É preciso legislar com mentalidade governamental adotada no Reino de Deus. Somos conservadores em nossas crenças e precisamos preservá-las. Nestes anos, aguardamos o momento certo de nos posicionarmos politicamente, não no afã de promovermos a politicagem corrupta e desgastada, mas para virar o jogo mostrando que é possível mover-se de maneira íntegra, limpa e transparente.

Havíamos nestes anos tocado em muitas esferas e níveis diferenciados com sucesso e excelentes resultados, mas o meio político ainda era uma incógnita para nossa plataforma de ação dentro de uma cosmovisão cristã integral do papel da igreja na cidade. Hoje temos convicção do tempo e do modo certo de fazermos política oferecendo ao ser humano um serviço público no legislativo de forma justa e honrado a Deus. Preparamos Edson Alexandre Lapa da Silva durante todos estes anos para que ele representasse um povo que não milita em causa própria, não parasita o poder público para obtenção de favores corriqueiros mas luta pelos direitos de cada cidadão e os representa politicamente. Os seguidores de Jesus Cristo devem primordialmente contextualizar o “Ide” exercendo influência em esferas sociais de governo como cultura, saúde, educação, comunicação, política, dentre outros níveis de autoridade.

O MEVAM entende que uma igreja não está em uma cidade apenas para oferecer apoio espiritual à população e sim para transformá-la com atos de justiça que promovem a reconstrução de valores, restauração de princípios e quebra de pré-conceitos religiosos. Entendemos que nossos dons, talentos, formação, recursos e habilidades podem e devem servir ao Reino de Deus que está alojado em vidas, ou seja, quando disponibilizo o que sou ao próximo estou exercendo o sacerdócio. Não cremos em uma estrutura humanista piramidal e sim num relacionamento horizontal e orgânico, onde todos os membros fazem parte do corpo de Cristo, relacionamento direto com Deus e devem ativar seu sacerdócio pessoal em favor do outro. Os evangélicos não são uma massa de manobra, são homens e mulheres de vanguarda que representam parte do povo que pensa, trabalha e avança de forma emergente, inteligente, estratégica e eficaz. Por isso a igreja precisa ser a resposta para restaurar áreas caídas da sociedade atual e a política sem dúvidas é uma missão.

O que é o MEVAM

O MEVAM – Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus nasceu no ano de 2000 através do Apóstolo Luiz Hermínio na cidade de Itajaí. Embora possua uma igreja sede, com certa de 3.000 mil membros, movimenta-se como um ministério atuando com Missões Urbanas, Transculturais e Nacionais. Não adotamos uma linha neopentecostal nem tradicional, somos integrais, ou seja, entendemos que o evangelho é para o homem todo e para todos os homens.

A bíblia é a resposta para todas as mazelas e problemas da humanidade e Jesus a solução absoluta para qualquer situação de risco garantindo seguramente a mudança. Possui uma extensa rede de relacionamento ministerial, com mais de trezentas igrejas filiadas recebendo fundamentação apostólica. Temos um instituto de educação teológica por princípios com duração de quatro anos, projetos comunitários autossustentáveis, 33 ministérios de serviço eclesiástico, canal virtual dedicado de TV online com seguidores em todo o mundo.

A plataforma tornou-se referência no Brasil dada sua expressão na qualidade dos serviços prestados a comunidade através do evangelho.